Brasil ultrapassa pela primeira vez a marca de 30 homicídios por 100 mil habitantes

O Brasil atingiu, pela primeira vez em sua história, o patamar de 30 homicídios por 100 mil habitantes. A taxa de 30,3, registrada em 2016, corresponde a 62.517 homicídios naquele ano, 30 vezes o observado na Europa naquele mesmo ano, e revela a premência de ações efetivas por parte das autoridades públicas para reverter o […]

Leia Mais "Brasil ultrapassa pela primeira vez a marca de 30 homicídios por 100 mil habitantes"

Brasil: Segundo trimestre foi pior para a indústria do que os primeiros três meses do ano

Mesmo com os dados positivos registrados em junho, a indústria brasileira não conseguiu repor as perdas com a greve dos caminhoneiros, que ocorreu no fim de maio. “A recuperação não levou a indústria para o ponto onde estava antes da paralisação”, alerta o Fato Econômico, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). “É preciso ter […]

Leia Mais "Brasil: Segundo trimestre foi pior para a indústria do que os primeiros três meses do ano"

Brasil se mobiliza por empregos, fim das privatizações, dignidade e cidadania

Enquanto as elites política e jurídica continuam legislando em causa própria e aumentando seus próprios salários, resta à maioria dos brasileiros e das brasileiras o desalento, o desemprego, salários baixos, preços do gás de cozinha subindo tanto que muitos foram obrigados a voltar a cozinhar como antigamente, quando só existam fogões a lenha. E ainda […]

Leia Mais "Brasil se mobiliza por empregos, fim das privatizações, dignidade e cidadania"

Temer legaliza o bico e trabalhador passa a receber menos que um salário mínimo

Com a legalização de formas fraudulentas de contrato de trabalho, trabalhadores e trabalhadoras chegam ao final do mês sem conseguir ganhar sequer um salário mínimo para sustentar a família e ainda correm o risco de ter o direito à aposentadoria ameaçado no final da vida, mesmo após anos de trabalho, pois não terão recursos para […]

Leia Mais "Temer legaliza o bico e trabalhador passa a receber menos que um salário mínimo"