Contradições sul-americanas

No Brasil, o Congresso Nacional retornou do recesso, na pauta, avaliar se aceita ou não, a denuncia do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, por corrupção contra o considerado presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP)

Segundo pesquisas de opinião, ampla e majoritariamente, a população deseja que o senhor Michel Temer (PMDB-SP) seja investigado. Entretanto, quem votará, se deverá ser investigado ou não, serão os(as) deputados(as), vulgarmente conhecidos como representantes do povo.

Oras, se são verdadeiros(as) representantes do povo, deveriam acatar a vontade popular…

Por outro lado, a maioria dos mesmos que apoiam Temer e seus asseclas, são contrários a Assembleia Nacional Constituinte realizada no último domingo na Venezuela, ou seja, uma convocação popular direta de forma consultiva e referendada para, principalmente, no mínimo, apaziguar os ânimos políticos e ideológicos naquele país.

Lembrando, a democracia política em uma sociedade capitalista que minimamente preocupa-se com a cidadania (cidadania nem de longe é sinônimo de Socialismo, Comunismo ou suas similaridades), é algo que precisa ser respeitado e preservado, para, inclusive, manter o status quo capitalista, caso contrário princípios de barbárie se ascenderão…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s