AL: Planejamento é chave para alcançar desenvolvimento com igualdade e sustentabilidade

Em conversa durante o programa “Horizontes CEPAL”, a diretora do Instituto Latino-Americano e Caribenho de Planejamento Econômico e Social (ILPES), da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), Cielo Morales, lembrou os desafios do planejamento para o desenvolvimento na região, tendo em vista o cumprimento da Agenda 2030.

Para a especialista, o planejamento sempre será importante para alcançar um desenvolvimento com igualdade e sustentabilidade na região latino-americana e caribenha.

No 11º capítulo do programa “Horizontes CEPAL”, a especialista afirmou que “é muito difícil conceber o futuro guiando-se pelo vai e vem da volatilidade dos contextos regionais ou globais”. Por isso, afirmou, torna-se relevante “construir uma visão coletiva, com uma grande participação de todos os setores interessados no desenvolvimento, sobre o tipo de sociedade, país, região e mundo que queremos”.

“Tudo o que nos rodeia, a mudança climática, a volatilidade financeira, as grandes desigualdades e disparidades que vivemos, reclamam um exercício mais responsável de construção desse futuro que todos queremos, que é avançar para um desenvolvimento que promova a igualdade e a sustentabilidade ambiental e que não comprometa de nenhuma maneira o bem-estar das futuras gerações”, afirmou a funcionária da CEPAL.

Ela completou que “com toda a evidência que temos da insustentabilidade dos padrões de consumo e de produção, sabemos que precisamos de um pacto social para construir uma visão que seja sustentável para o futuro”.

Durante a entrevista, Cielo Morales destacou a realização da 15ª Conferência de Ministros e Chefes de Planejamento da América Latina e do Caribe e da 16ª Reunião do Conselho Regional de Planejamento do ILPES, que ocorrem entre 11 e 13 de outubro em Lima, no Peru.

Durante a reunião das autoridades de planejamento da região — que será inaugurada pela secretária-executiva da CEPAL, Alicia Bárcena —, o organismo regional das Nações Unidas apresentará o Observatório Regional de Planejamento, criado a pedido dos países e que busca se transformar em um poderoso instrumento de monitoramento e acompanhamento da implementação da Agenda 2030.

O Conselho Regional de Planejamento do ILPES tem sessões bianuais das quais participam todos os países-membros da CEPAL representados por autoridades vinculadas ao exercício de planejamento. Atua como órgão orientador superior das atividades do ILPES e serve como órgão de consulta na condução de seus programas de trabalho e na avaliação de seus resultados.

O ILPES, por sua vez, apoia os países da região por meio da incorporação da Agenda 2030 e dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável em seus planos de desenvolvimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s