Brasil: Um balanço das negociações salarias no 1o. Sem/2017

O DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), com base no Sistema de Acompanhamento de Salários (SAS-DIEESE), apresenta o balanço das negociações dos reajustes salariais do primeiro semestre de 2017.

Neste estudo, foram analisados os reajustes de 300 unidades de negociação de empresas privadas e estatais dos setores da Indústria, do Comércio e dos Serviços em todo o território nacional.

Os dados revelam mudança no quadro de queda do percentual de reajustes acima da inflação observada nos últimos dois anos.

No primeiro semestre de 2017, cerca de 60% dos reajustes resultaram em aumentos reais, 30% tiveram reajustes em valor igual à inflação e 10% registraram perdas salariais, tomando-se por referência a variação do INPC-IBGE em cada data-base.

 

Resultados

Praticamente 60% das negociações salariais do primeiro semestre de 2017 conquistaram aumento real. Os reajustes com ganhos reais se concentraram na faixa de até 0,5 ponto percentual acima da inflação.

Foram observados reajustes iguais à inflação em 30% das negociações analisadas. Já os reajustes com perdas reais correspondem a 10%. Mais da metade destes resultou em perdas de até 0,5 ponto percentual abaixo da inflação.

A variação real média dos reajustes no primeiro semestre de 2017 foi de 0,32%, voltando a ser positiva após a perda real média observada em 2016.

Para acessar o estudo completo clique AQUI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s