O que a morte do Reitor da UFSC tem a ver com você!

Foi lançado neste final de semana um documentário de 27 minutos, dirigido por Sérgio Giron e Edike Carneiro, contando a história da perseguição e da morte do ex-reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, Luiz Carlos Oliva Cancellier.

Com o título Em nome da inocência: Justiça!, o filme mostra como a perseguição midiático-judicial levou o reitor da universidade catarinense a dar fim à própria vida.

Com depoimentos de amigos e colegas, o filme revela Cancellier como uma pessoa pacifista e cordata, que foi submetida a uma injusta caçada judicial, com apoio de grandes veículos de comunicação, a começar da TV Globo, a pretexto de apurar denúncias de corrupção na UFSC. Os delitos foram cometidos em gestões anteriores à de Cancellier à frente da UFSC. No entanto, tamanha pressão, agravada pelo afastamento e proibição de entrar na universidade para a qual Cancellier dedicou 40 anos de vida profissional exemplar.

O suicídio foi a última saída para que o reitor mostrasse sua inocência.

O filme denuncia a sequência de abusos de poder de que Cancellier foi vítima, num contexto social de punitivismo e perseguições políticas inaugurado e estimulado pela Operação Lava Jato. Além do clima inquisitorial, a lava Jato legou também para esta trágica história a delegada da Policia Federal Érika Marena, tida como a pessoa que batizou a operação conduzida pelo juiz Sergio Moro e que, transferida para Santa Catarina, dirigiu a parte policial da caçada a que foi submetido o reitor Cancellier.

Assista a seguir a íntegra do documentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s