Relator da ONU elogia ações do governo venezuelano após visita ao país

Um dos relatores de direitos humanos das Nações Unidas elogiou o governo venezuelano nesta quinta-feira (28) pela introdução de uma série de medidas em linha com as recomendações feitas por ele em sua recente missão ao país.

Alfred de Zayas, especialista independente da ONU para a promoção de uma ordem internacional democrática e equitativa, enfatizou uma força-tarefa estabelecida pelo Ministério de Relações Exteriores do país para fortalecer a cooperação com o Sistema ONU, de forma a melhorar a distribuição de alimentos e medicamentos.

Ele também elogiou o anúncio feito em 23 de dezembro sobre a libertação de diversas pessoas que estavam detidas em conexão com manifestações públicas.

“Eu pessoalmente pedi a libertação de diversos detidos e fico contente em saber que muitos deles estão na lista de beneficiados pela decisão do governo. Isso se constitui um sinal de movimento rumo à reconciliação nacional e demonstra que o diálogo traz frutos”, disse o relator.

“Enquanto aqueles que foram soltos devem gozar de total liberdade, a libertação de outros detidos seria bem-vinda”, afirmou, acrescentando que os acusados de atos violentos durante manifestações devem ter garantido o devido processo legal.

O especialista encorajou todos os governos da região a apoiar o diálogo que ocorre na República Dominicana entre o governo venezuelano e a oposição, acrescentando que “qualquer resolução precisa ser desenhada e decidida por todos os venezuelanos com solidariedade internacional”.

“Encorajo todos os homens e mulheres de boa vontade a apoiar os esforços para aliviar a escassez de certos alimentos e medicamentos, e a contribuir para aliviar outros problemas resultantes em parte das sanções e boicotes contra a Venezuela que só agravaram o sofrimento dos venezuelanos de todas as classes sociais”, declarou.

Segundo o relator, a inflação também pode ser enfrentada por meio de medidas de combate ao contrabando de alimentos e remédios.

O especialista disse ainda que as medidas adotadas pelo governo fazem parte das recomendações preliminares apresentadas por ele ao governo de Caracas na conclusão de sua missão no início de dezembro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s