Greve geral contra política econômica de Macri para a Argentina

Pela terceira vez, a Argentina está paralisada. Cerca de um milhão de trabalhadores e trabalhadoras aderiram à greve geral de 24 horas, desta segunda-feira (25), segundo a Confederação Geral dos Trabalhadores (CGT). OS argentinos estão sem trens, metrô, ônibus e voos – as companhias éreas Gol, Latam e Aerolíneas Argentinas cancelaram voos que tenham como […]

Leia Mais "Greve geral contra política econômica de Macri para a Argentina"

Brasil: Bancos fecham 2.675 postos de trabalho, nos cinco primeiros meses de 2018

Os bancos fecharam 2.675 postos de trabalho no Brasil, nos cinco primeiros meses de 2018, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Desde janeiro de 2016, em apenas 4 meses os saldos foram positivos (janeiro de 2016, julho e novembro de 2017 e janeiro de 2018). São Paulo, Rio de Janeiro […]

Leia Mais "Brasil: Bancos fecham 2.675 postos de trabalho, nos cinco primeiros meses de 2018"

Desempregados e quem tem menor renda pagam mais juros de cartão de crédito

O rotativo do cartão de crédito é mais utilizado por desempregados e por beneficiários de programas sociais. É o que conclui pesquisa do Banco Central divulgada nesta terça-feira (12), em Brasília. O rotativo é usado quando o consumidor não tem dinheiro para pagar a fatura inteira do cartão de crédito. Ele paga qualquer valor entre […]

Leia Mais "Desempregados e quem tem menor renda pagam mais juros de cartão de crédito"

Citando Brasil, comissário da ONU alerta para vínculo entre corrupção e perda de direitos

Durante a abertura da 36ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, realizada na sede da organização em Genebra, ontem, segunda-feira (11), o alto-comissário da ONU para os Direitos Humanos, Zeid Ra’ad Al Hussein, alertou que a corrupção viola os direitos de milhões de pessoas em todo o mundo, “roubando-as do que deveriam […]

Leia Mais "Citando Brasil, comissário da ONU alerta para vínculo entre corrupção e perda de direitos"

Em três meses, governo perdoa quase R$ 30 bilhões dos bancos

Em 90 dias, o governo ilegítimo de Michel Temer garantiu o perdão da dívida de aproximadamente R$ 30 bilhões do Bradesco, Itaú e Santander.  A medida rendeu críticas da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). “É uma grande preocupação nossa, esse discurso das reformas Tributária e da Previdência, de que os culpados pela […]

Leia Mais "Em três meses, governo perdoa quase R$ 30 bilhões dos bancos"