Maioria dos estadunidenses voltam a apoiar o movimento sindical

Ontem (3) foi comemorado nos Estados Unidos o Dia do Trabalho (Labour Day). Neste ano, a mídia americana, deu destaque a pesquisa que revela o reconhecimento da importância dos sindicatos para os trabalhadores. As sondagens indicam que a aprovação da população às entidades de classe está próximo do topo dos últimos 50 anos: 64% da população defende […]

Leia Mais "Maioria dos estadunidenses voltam a apoiar o movimento sindical"

Desigualdade e empobrecimento: as consequências da falta de sindicatos nos EUA

O acadêmico e deputado norte-americano pelo Estado da Califórnia Ro Khana afirmou que o enfraquecimento dos sindicatos e a diminuição dos trabalhadores sindicalizados nos Estados Unidos são os responsáveis pelo aumento da desigualdade e o encolhimento da classe média no país. “Se você está se perguntando por que os Estados Unidos têm um nível de […]

Leia Mais "Desigualdade e empobrecimento: as consequências da falta de sindicatos nos EUA"

Informalidade bate recorde e atinge quase 36 milhões de trabalhadores

O aumento recorde da informalidade, emprego sem carteira assinada e por conta própria, sem direitos, derrubou a taxa de desemprego de 12,5% para 11,8% entre os trimestres encerrados em abril e julho. Apesar da queda, o desemprego ainda atinge 12,6 milhões de trabalhadores e trabalhadoras, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua […]

Leia Mais "Informalidade bate recorde e atinge quase 36 milhões de trabalhadores"

70% dos agrotóxicos usados no Brasil são altamente perigosos

Pesquisa da ONG Suíça Public Eye revela que 70% dos agrotóxicos utilizados no Brasil são altamente perigosos – 44% são proibidos na União Europeia por apresentarem riscos à saúde e ao meio ambiente. O estudo “Lucros altamente perigosos”, feito em parceria com a Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e pela Vida, lançado nesta quarta-feira (29), revela ainda que […]

Leia Mais "70% dos agrotóxicos usados no Brasil são altamente perigosos"

Reduzir desperdício de alimentos contribui para combate às mudanças climáticas

A perda e o desperdício de alimentos gera de 8% a 10% de todas as emissões de gases de efeito estufa produzidos por seres humanos, de acordo com novo relatório sobre mudanças climáticas, o primeiro a destacar a relação estreita entre esse fenômeno e os fracassos do sistema alimentar. O tema está sendo discutido na […]

Leia Mais "Reduzir desperdício de alimentos contribui para combate às mudanças climáticas"